comet-procs

Outra novidade! Dessa vez, inédita para a Silix.

De forma praticamente simultânea ao anúncio oficial da Intel que ocorreu agora, Abril/2020, sobre os novos processadores Intel Core de 10a geração, codinome Comet Lake, a Silix anuncia os novos workstations baseados nessa nova geração.

Nesse material, falaremos especificamente sobre os processadores. Entretanto, contextualizo como algo inédito para a Silix. Introduzimos, oficialmente, a 1a linha de workstations Silix baseados em linha Core, uma vez que sempre fomos – e continuamos – aficcionados por processadores, recursos e possibilidades derivadas da linha de processadores Xeon.

Mas, como bons especialistas e com a questão da otimização de recurso e o custo-benefício-performance em mente, sabemos que para certas cargas de trabalho os processadores Core podem perfeitamente ser utilizados em detrimento do Xeon equivalente.  Além de que, com essa nova geração chegamos em novo patamar de contagem de núcleos.

Entrega-se agora, com o novo processador i9-10900K excelentes 10 núcleos físicos / 20 threads com incrível frequência turbo de 5.3 Ghz! E os novos processadores Xeon E até 8 núcleos físicos / 16 threads. Uma novidade comum desses novos processadores é que ambos suportam até 128GB memória distribuídos em 4x 32GB.

silix-comet-lake

Os novos processadores permanecem utilizando o processo de fabricação/litografia de 14nm, que está em uso desde 2015, quando foi lançado os processadores codinome “skylake”. Porém, foram feitas grandes otimizações e refinamentos no processo, para permitir o expressivo incremento  de 4/8 núcleos para 10/20! Uma prova dessas otimizações é que o novo topo de linha i9-10900K chega a operar, agora, na frequência turbo automática de até 5.3Ghz – algo antes impensável e pertencente somente ao universo dos “overclockers” com “tunagens” manuais e arriscadas.

video

RECURSOS INOVADORES:

– Tecnologia Intel Thermal Velocity Boost: Sigla TVB; um recurso que oportuna e automaticamente eleva a frequência de processamento ligeiramente acima da frequência máxima em “single core” e “multi-core” Intel Turbo Boost, quando são encontradas condições ideais ( e caso seja necessário ) de temperatura, resfriamento e disponibilidade de potência de alimentação TDP.

Tecnologia Intel Turbo Boost Max 3.0: Tecnologia antes pertencente somente ao processadores “Core Extreme”, permite que automaticamente sejam identificados os núcleos mais performáticos na determinada carga de trabalho e seja proporcionado um pequeno aumento de frequência para obtenção de maior performance nesse(s) núcleo(s).

– Suporte às memórias DDR4 2933: Apesar de que sabemos que para a grande maioria das cargas de trabalho o aumento da frequência da memória significa muito pouco, as vezes até influência negativa na performance total do sistema – no que diz respeito à influência da memória – pois maiores frequência = também maior latência.

Tecnologia Intel Hyper-Threading: Já consagrada tecnologia Intel que “dobra” a quantidade de núcleos disponíveis para utilização pelo sistema operacional, permitindo que para cada núcleos físico seja simulado/emulado 2 núcleos lógicos de processamento. Em outras palavras, isto permite que os recursos ociosos de cada ciclo de processamento sejam melhor aproveitados, através do processamento de 02 instruções simultâneas, o que resulta em menor tempo global de execução, e as tarefas sejam completadas em menor tempo.

– Tecnologia Thunderbolt 3: Para massivas e portáteis transferências de dados, juntamente com os novos “USB-C”. Velocidade até 40 Gbps.

Tecnologia Intel Optane: Tecnologia inteligente de memória e armazenamento, que auxilia no aumento da responsividade do workstation.

– Chipset de Rede Intel i225: Introduz a nova velocidade de rede 2.5Gb, mantendo o mesmo cabeamento existente para o padrão 1Gb Ethernet. *Não significa que os workstations utilizarão, por padrão, placa de sistema com essa tecnologia.

– Intel Wi-fi 6 AX201: Nova tecnologia de conectividade sem fio, permitindo maior velocidade e confiabilidade nas conexões sem fios. *Não significa que os workstations utilizarão, por padrão, placa de sistema com essa tecnologia.

– Gráficos Intel UHD 630: Os conhecidos gráficos integrados Intel UHD 630 com performance gráfica surpreendente e superior que muitas placas gráficas dedicadas de nível básico.

– Intel Quick Sync Video: Entrega excelentes capacidades de conferência, sincronização, conversão, compartilhamento e edição de vídeo

– Utilitário Intel Extreme Tuning: Sigla XTU; aplicativo disponível para ser instalado no workstation, com o objetivo de se fazer “overclock” e ajustes finos de frequência/voltagem de forma confiável.

Diagrama:

diagrama-ok

Mudanças Técnicas:

– Novo socket LGA 1200

– Novo chipset série 400

socket

Lista completa de modelos:

line-2

line-1

 

Como será a oferta da Silix. Quais modelos serão oferecidos ?

Nosso line-up será o seguinte:

Core i9-10900K 3.7 Ghz Base / 5.3 Ghz Turbo 10 Núcleos / 20 Threads – Cache 20MB
Core i9-10900 2.8 Ghz Base / 5.2 Ghz Turbo 10 Núcleos / 20 Threads – Cache 20MB
Core i7-10700K 3.8 Ghz Base / 5.1 Ghz Turbo 8 Núcleos / 16 Threads – Cache 16MB
Core i7-10700 2.9 Ghz Base / 4.8 Ghz Turbo 8 Núcleos / 16 Threads – Cache 16MB
Core i5-10600K 4.1 Ghz Base / 4.8 Ghz Turbo 6 Núcleos / 12 Threads – Cache 12MB
Core i5-10400 2.9 Ghz Base / 4.3 Ghz Turbo 6 Núcleos / 12 Threads – Cache 12MB
Core i3-10100 3.6 Ghz Base / 4.3 Ghz Turbo 4 Núcleos / 8 Threads – Cache 6MB

 

badges

 

Folheto dos processadores: LINK

0