Equipamento fornecido: “ESTAÇÃO SILIX 6 NÚCLEOS I5-COFFEE LAKE”

Fomentado por: FAPESP – Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo – Processo nº 17/25016-8.

Resumo do processo:

“As psicoses caracterizam um grupo de transtornos mentais graves e incapacitantes. A demora em instituir um tratamento adequado, a duração do primeiro episódio psicótico (PEP) e a baixa resposta ao tratamento inicial estão entre os principais fatores de mau prognóstico. Recentemente, o maior estudo genômico de associação em larga escala (GWAS) em esquizofrenia encontrou 108 regiões associadas com a doença. Em um estudo anterior, o nosso grupo avaliou o transcriptoma e o metiloma de pacientes em PEP antes e após o tratamento com risperidona, identificando genes que podem ter relação direta com a resposta ao tratamento. O presente estudo propõe a identificação de polimorfismos genéticos relacionados à resposta ao tratamento com risperidona. Para tanto, serão avaliados 210 pacientes em PEP sem uso prévio de medicação antipsicótica que serão submetidos à avaliação clínica e à coleta de sangue periférico antes e após 2 meses de tratamento. Para avaliar a resposta à risperidona utilizaremos os dados da PANSS (Positive And Negative Syndrome Scale) da primeira e da segunda coleta. A genotipagem dos polimorfismos será obtida com base em dados extraídos de arrays genômicos Infinium PsychArray (N = 60) por meio de análises de bioinformática e validaremos os achados no restante da amostra genotipando mais 150 indivíduos com o PsychArray. Até o momento, apenas um estudo realizou uma análise de associação em larga escala com resposta a antipsicótico em PEP. Contudo, o tamanho amostral era reduzido (N=86) e a amostra era mais heterogênea. A identificação de marcadores biológicos de resposta pode, no futuro, possibilitar uma ação terapêutica precoce e individualizada, reduzindo o tempo de psicose não tratada, e oferecendo melhores resultados quanto à diminuição da morbidade e aumento na qualidade de vida dos pacientes. (AU)” (Fonte: https://bv.fapesp.br/pt/auxilios/99739/investigacao-da-resposta-ao-tratamento-da-esquizofrenia-com-risperidona-estudo-farmacogenetico-em-u/?q=2017/25016-8)

0